COAF proporciona Reunião com o Fomento Comercial

No último dia 12 de dezembro, o COAF promoveu o I ENCONTRO TÉCNICO COM EMPRESAS DE FACTORING em Brasília, com o objetivo de apresentar os seus processos de supervisão e de análise de inteligência financeira e esclarecer dúvidas sobre a aplicação e cumprimento das regras de prevenção à lavagem de dinheiro e sobre a realização de comunicações de operações de que trata a Lei nº 9.613, de 03.03.1998, alterada pela lei nº 12.683, de 09.07.2012.

Na oportunidade, o Presidente do COAF, Dr. Antonio Gustavo Rodrigues, deu as boas vindas aos participantes e ressaltou que essa iniciativa se destinava a aproximar todos os integrantes do setor de fomento comercial ao COAF. Foi um dia inteiro de reunião em que o COAF nos disponibilizou um ambiente descontraído de aprendizagem. Foram úteis e oportunos os amplos esclarecimentos que foram prestados às questões com que se deparam os empresários no seu dia a dia.

O primeiro contato mantido pela ANFAC com o COAF foi por intermédio da Dra. Adrienne de Senna, a primeira ilustre Presidente daquele órgão, que nos solicitou subsídios para elaboração da minuta do texto do primeiro normativo específico para o fomento comercial, que foi a Resolução COAF nº 02, expedida em 13.04.1999.

Esse canal se ampliou e consolidou a parceria COAF / ANFAC, com a Resolução nº 12, de maio de 2005, revogada pela Resolução nº 13, de setembro de 2005, e finalmente, com a edição da Resolução nº 21, de 20.12.2012, cuja vigência ocorreu em 01.03.2013.

Com o estreito relacionamento com o COAF, a ANFAC, no desempenho de sua missão institucional, de âmbito nacional, a cada evento ou reunião técnica, renova a perspectiva de compartilhar o compromisso socioeconômico de todo o setor do fomento comercial em empenhar-se no aprimoramento e disseminação de práticas e procedimentos no combate aos crimes de lavagem de dinheiro, de narcotráfico e de financiamento ao terrorismo, com o inequívoco propósito de preservar e de defender a segurança de nossa cidadania, como brasileiros.