Corte na Selic tem pouco impacto em juros para consumidores

O corte na taxa básica de juros, Selic, de 0,5 ponto percentual anunciado nesta quarta-feira (30/11) pelo Banco Central terá pouco impacto nos juros efetivamente cobrados pelo mercado, segundo estimativas da Associação Nacional de Executivos de Finanças e Contabilidade (Anefac).

Na média, os juros praticados pelo mercado deverão cair de 115,2% para 114,23% ao ano.

Os juros cobrados no cartão de crédito, a modalidade mais cara, cairão de 238,30% ao ano para 236,83% ao ano.

Já os juros cobrado no comércio vão pular de 88,83% para 87,97% ao ano. Os valores cobrados no cheque especial cairão de 157,76% ao ano para 156,61% ao ano.

O CDC para financiamento de veículos oferecido por bancos deve ter redução de 29,23% ao ano para 28,63% ao ano. O empréstimo pessoal nas instituições bancárias também deverá ter redução de 65,92% ao ano para 65,16% ao ano. No caso dos empréstimos oferecidos por financeiras, a expectativa é que diminuam de 173,92% ao ano para 172,72% ao ano.