Empresas devem utilizar certificado digital para emitir seguro-desemprego a partir de hoje

A partir de hoje (01/04) os empregadores que fizerem demissões não poderão mais utilizar o antigo formulário de papel impresso em gráfica para emissão do requerimento do seguro-desemprego. O documento só poderá ser preenchido digitalmente por meio do aplicativo Empregador Web, disponibilizado pelo Portal Mais Emprego, do Ministério do Trabalho e Emprego. Para utilizar o aplicativo é necessário que a empresa possua certificado digital (e-CNPJ).

A medida é uma determinação do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). Com a nova regra, quem possui o certificado terá acesso total às funcionalidades disponíveis do sistema e poderá executar todos os procedimentos por meio do aplicativo. Além disso, o e-CNPJ ainda assegura a confiabilidade das informações prestadas pela empresa e garante a redução de gastos com aquisição de formulários impressos.

Com o Empregador Web e o certificado digital é possível, por exemplo, enviar informações em lote, utilizando arquivo gerado pelo sistema de folha de pagamento. As empresas devem acessar o Empregador Web no site: https://granulito.mte.gov.br/sdweb/empregadorweb/index.jsf

A Serasa Experian oferece o certificado digital e-CNPJ, que garante a autenticidade e a integridade nas transações eletrônicas de pessoas jurídicas, a partir de R$ 219. O produto pode ser adquirido no site www.certificadodigital.com.br. Com o e-CNPJ também é possível acessar o e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte) da Receita Federal e realizar diversas operações, entre elas: consultar informações sobre a situação fiscal do CNPJ, cadastrar-se no CEI (Cadastro Específico no INSS), emitir relatório fiscal, acompanhar a caixa de mensagem para receber comunicados e intimações da Receita, consultar processos digitais e agendar atendimento na Receita.

Além disso, o certificado digital para pessoa jurídica também permite emitir e parcelar a DAS (Documentos de Arrecadação do Simples Nacional) para empresas incluídas no Simples Nacional, solicitar financiamento no programa Juros Zero no Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), assinar contratos de câmbio, declarar o DMED (Declaração de Serviços Médicos e de Saúde) para profissionais de saúde, entre outras vantagens.

Certificação Digital

A certificação digital é uma tecnologia que permite a identificação de pessoas físicas e jurídicas no ambiente eletrônico, regulamentada no país pela Infraestrutura de Chaves Pública Brasileira (ICP-Brasil), vinculada à Casa Civil da Presidência da República. Tem validade jurídica e confere aos documentos eletrônicos autenticidade, integridade, sigilo e atributo de não repúdio.

A Serasa Experian promove a certificação digital como tecnologia efetiva para a desmaterialização dos processos, com atributos de validade jurídica, agilidade e praticidade, a serviço da sustentabilidade dos negócios e processos.

Para mais informações, acesse: www.certificadodigital.com.br