Encontro com o economista Paulo Rabello de Castro, presidente do BNDES

No último dia 08 (quinta-feira), Luiz Lemos Leite, presidente da ANFAC, foi recebido, em São Paulo, pelo economista Paulo Rabello de Castro, recém empossado na presidência do BNDES.

Assuntos importantes foram tratados ao longo do encontro, tais como, a relevante função socioeconômica do fomento comercial, os reflexos positivos apresentados pela atuação das empresas do setor, principalmente, nos momentos em que há escassez generalizada de recursos e de liquidez nos mercados, como o que vivenciamos atualmente.

Profissional de primeira linha, reconhecido por suas fortes convicções, partidário de políticas públicas sustentáveis, Paulo Rabello acredita que chegou o momento de se criar condições, via BNDES, para promoção de programas, que atendam não somente as pequenas e médias empresas, mas também, aqueles projetos voltados ao desenvolvimento e expansão de milhares de “micro desenvolvedores”, operantes por todo Brasil.

Considera, ainda que, a sinergia e a capilaridade da atividade do fomento comercial, podem em muito contribuir, direta ou indiretamente, com os programas a serem implementados no contexto econômico, projetado pelas políticas governamentais, com o objetivo da retomada do crescimento do País.

Luiz Lemos Leite colocou a ANFAC à disposição das áreas técnicas daquele banco, como também, todo o quadro associativo da ANFAC que congrega, atualmente, aproximadamente 600 empresas espalhadas por todo o País, no sentido de colaborar tanto na estruturação como na implementação de projetos que tenham por objetivo o desenvolvimento e aprimoramento de “micro desenvolvedores” e, também, as pequenas e médias empresas.