Inadimplência em janeiro é a mais alta desde dezembro de 2009

A inadimplência das pessoas físicas começou 2012 em alta. Segundo dados divulgados nesta terça-feira (28) pelo Banco Central (BC), os empréstimos e financiamentos com atraso de mais de 90 dias atingiram 7,6% das operações de crédito em janeiro.

Foi o maior nível desde dezembro de 2009 (7,7%) e 0,2 ponto percentual acima do registrado em dezembro de 2011. Em relação a janeiro do ano passado, houve aumento de 1,9 ponto percentual.

Inadimplência das empresas tem queda

A inadimplência das empresas, no entanto, iniciou o ano em queda. A proporção de operações de crédito não pagas há pelo menos 90 dias caiu de 3,9% em dezembro para 3,7%, o menor percentual desde abril do ano passado.

As medidas de afrouxamento monetário em vigor desde o segundo semestre do ano passado não surtiram efeito em janeiro. No mês passado, os juros médios das operações de crédito subiram para 38% ao ano, contra 37,1% registrados em dezembro. Foi a primeira vez desde novembro do ano passado que as taxas voltaram a crescer.

Estoque de crédito cai pela 1a vez em quase 3 anos

O crédito total disponibilizado pelo sistema financeiro no Brasil caiu 0,2% em janeiro, informou o Banco Central. É a primeira redução desde fevereiro de 2009, no auge da crise financeira internacional, quando a diminuição foi de 0,02%.

No mês passado, o crédito chegou a 48,8% do Produto Interno Bruto (PIB), ou R$ 2,027 trilhões.