Juros do cheque especial apresentam primeira queda após nove meses de alta

Após nove meses de alta, as taxas médias de juros do cheque especial recuaram pela primeira vez em outubro, segundo revela pesquisa divulgada nesta segunda-feira (24) pela Fundação Procon de São Paulo.

A taxa média do cheque especial ficou em 9,55% ao mês, 0,02 ponto percentual abaixo do verificado em setembro, quando a taxa era de 9,57% a.m. Segundo o Procon, Banco do Brasil (de 8,49% para 8,45% a.m.), Bradesco (de 8,95% para 8,93% a.m.) e Caixa Econômica Federal ( de8,27% para 8,20% a.m.) foram os responsáveis pelo decréscimo.

Empréstimo Pessoal

No que diz respeito à taxa do empréstimo pessoal, ela também apresentou queda neste mês, ao atingir 5,85% ao mês, abaixo dos 5,86% ao mês registrados em setembro. Com isso, a taxa registrou um recuo de 0,01 ponto percentual.

De acordo com o Procon-SP, dos sete bancos pesquisados, dois reduziram suas taxas para a modalidade – Banco do Brasil (de 5,39% para 5,35% a.m.) e Bradesco (de 6,37% para 6,33% a.m.).

O estudo verifica as cobranças dos sete maiores bancos do País, tomando para comparação o empréstimo pessoal para um período de 12 meses e o cheque especial para 30 dias.

Por banco

Dos bancos analisados, as menores taxas para empréstimo pessoal neste mês podem ser encontradas no Banco do Brasil, de 5,35% ao mês. Já o Itaú apresentou a maior taxa para essa modalidade de crédito em outubro, de 6,45% ao mês.

No caso do cheque especial, a Caixa Econômica Federal mantém a menor taxa dentre os bancos analisados pelo Procon, de 8,20% ao mês, enquanto o Safra apresenta a maior taxa da modalidade, de 12,30% ao mês.

As tabelas abaixo mostram os juros cobrados nas instituições pesquisadas em outubro deste ano, em ordem decrescente, bem como no mês anterior, tanto para o cheque especial como para o empréstimo pessoal:

Banco Cheque Especial (a.m.)
Outubro/2011 Setembro/2011
Safra 12,30% 12,30%
Santander 9,99% 9,99%
HSBC 9,95% 9,95%
Itaú 9,03% 9,03%
Bradesco 8,93% 8,95%
Banco do Brasil 8,45% 8,49%
Caixa Econômica Federal 8,20% 8,27%
Média 9,55% 9,57%
Banco Empréstimo Pessoal (a.m.)
Outubro/2011 Setembro/2011
Itaú 6,45% 6,45%
Bradesco 6,33% 6,37%
Santander 5,99% 5,99%
HSBC 5,99% 5,99%
Caixa Econômica Federa 5,45% 5,45%
Safra 5,40% 5,40%
Banco do Brasil 5,35% 5,39%
Média 5,85% 5,86%