Em período de férias e em feriados, como o aniversário da cidade de São Paulo, dia 25, comerciantes devem redobrar a atenção

O feriado de aniversário da Cidade de São Paulo, na próxima quarta-feira, dia 25, é uma boa oportunidade para o comércio aproveitar e aumentar suas vendas. Mas, consumidores e comerciantes precisam estar atentos ao crescimento significativo de tentativas de golpes em períodos como esse.

O principal risco para o consumidor é ter seus documentos ou dados pessoais utilizados por fraudadores. Para o comércio, é não receber o pagamento, aumentando a inadimplência nos estabelecimentos. A tentativa de fraude mais aplicada no comércio é o roubo de identidade do consumidor, ou seja, quando a pessoa que está fazendo a compra se passa por titular do documento apresentado. De acordo com o gerente de soluções antifraudes da Serasa Experian, Celso Rodrigues, isso é um ato recorrente principalmente em épocas de muito movimento no varejo, como nos feriados, e se o comércio se isenta de ferramentas de prevenção à fraude, fica mais vulnerável a ser vítima do golpe.

“Se o comerciante conseguir identificar que aquele documento não é da mesma pessoa que se apresenta na loja, ou que os dados informados são inconsistentes, as chances de ele evitar prejuízos aumentam consideravelmente”, diz Rodrigues. A Serasa Experian possui o serviço de Alerta de Identidade. Na hora de uma transação, o empresário pode fazer uma consulta ao serviço e analisar o histórico daquele documento. Assim ele ajuda o comércio a reduzir a inadimplência causada por fraudes e protege a identidade do proprietário dos documentos apresentados.

Rodrigues destaca as principais dicas que podem evitar golpes para o comércio. “Peça sempre dois documentos originais, verifique se as informações fornecidas pelo cliente são verdadeiras, confirme a relação de endereço e telefone e analise atenciosamente o comprovante de residência com o nome apresentado nos documentos”. O especialista da Serasa Experian recomenda que se ainda assim o comerciante não se sentir seguro com a venda, peça que uma parte ou todo o pagamento seja feito à vista.

O gerente de soluções antifraudes da Serasa Experian aponta algumas situações pós-venda que podem representar que a fraude já aconteceu: Se o cliente ligar reclamando que não realizou a compra do produto; se após a compra efetivada, não for paga nenhuma das parcelas; se o cliente procurado não for encontrado; caso encontre o consumidor, ele comprova que nunca esteve no estabelecimento.

Para mais informações sobre a solução de prevenção a fraudes da Serasa Experian acesse www.alertadeidentidade.com.br.

Serviço gratuito para cadastramento de documentos roubados ou perdidos

Muitas pessoas que perdem ou têm os documentos roubados deixam de tomar cuidados fundamentais. Além de procurar a polícia e registrar o Boletim de Ocorrência (B.O), é preciso informar a Serasa Experian sobre a perda, ou roubo, para bloquear os documentos, reduzindo o risco de ter seus dados usados por fraudadores.

A Serasa Experian oferece gratuitamente um serviço de cadastramento de informações sobre documentos e cheques roubados, extraviados, cancelados ou sustados.

No feriado de aniversário da cidade de São Paulo, o cidadão pode fazer de maneira prática o registro gratuito dos documentos e/ou cheques pela internet no endereço www.serasaexperian.com.br. Essas informações ficarão disponíveis para os todos os clientes que consultam a base de dados da Serasa Experian, em todo o Brasil, e podem prevenir o uso indevido dos documentos por golpistas para fazer compras ou abrir conta bancária.

É possível cadastrar informações sobre roubo, extravio e clonagem de cheques e documentos como identidade, carteira de trabalho, CPF, carteira de habilitação e título de eleitor. No caso dos documentos, o consumidor faz o registro pelo site e tem dez dias para enviar um boletim de ocorrência e uma declaração formal. No caso dos cheques, as informações ficam disponíveis por três dias, tempo suficiente para avisar o banco e sustar os cheques.

Quem já teve os documentos roubados e fez Boletim de Ocorrência também pode registrar a informação na Serasa Experian evitando assim que seus documentos sejam usados em golpes futuros.