Dia Internacional da Mulher

Como de praxe, nestes 30 anos, a ANFAC, no dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher, presta uma justa homenagem a todas as mulheres que trabalham no mercado de fomento mercantil, sob a égide do Sistema Brasileiro de Fomento Mercantil: as sócias e diretoras de nossas empresas, as funcionárias da ANFAC, dos SINFAC’s, de nossas empresas associadas e das 140 mil empresas clientes.

Este dia é universalmente dedicado à mulher, aquela criatura que existe para desempenhar relevante e insubstituível papel na garantia de sobrevivência biológica da humanidade.

Dos mais remotos registros bíblicos até a modernidade, na medida em que avança o progresso tecnológico com seus reflexos em todos os setores da vida humana, é preciso entender o papel da mulher e o seu imenso potencial num mundo que se projeta cada vez mais feminino.

No Brasil, pela necessidade de sobrevivência, as mulheres vêm se destacando como eficientes empreendedoras pela sua determinação e coragem de quebrar paradigmas e superar desafios com um desempenho firme e hábil na gestão de seus interesses.

Não é demais citar figuras femininas proeminentes no cenário mundial como a chanceler alemã, Ângela Merkel, a secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton, a nossa Presidente Dilma Russef e a francesa, Christine Lagarde, gerente geral do FMI, que conquistaram tão importantes funções de comando pelos seus méritos pessoais.

No mercado de fomento mercantil, nos 5 Continentes, a participação feminina é cada vez mais acentuada como operadoras e administradoras de empresas de factoring.

Na sociedade, na política, no mundo dos negócios e no campo cientifico, nos últimos 50 anos, a mulher tem mostrado excelente reputação profissional e capacidade criativa, qualidades que realçam seu valor e sua peculiaridade intuitiva e premunitiva, essencialmente feminina.

No Brasil, no correr destes anos, registramos com orgulho a crescente participação da mulher em muitas empresas de fomento mercantil, como empresária, como profissional liberal e como funcionária, destacando-se a sua discrição, o seu charme, a sua sensibilidade, a sua dedicação e o seu senso de responsabilidade, que temos de admitir, incompatíveis com a índole masculina.

Só nos 146 cursos de Agente de Fomento Mercantil (Operador de Factoring) que já ministramos, de 1983 a esta data, foram diplomadas 1.504 mulheres que estão exercendo sua função com sucesso, muitas delas sócias, em empresas de fomento mercantil.

Que o exemplo de dedicação e de força das mulheres sirva para nós como motivação para crescer e lutar por um ideal.

LUIZ LEMOS LEITE
PRESIDENTE