Novo Focus mantém quase todas projeções, exceto IGP-M que cai

Foi divulgada nesta segunda-feira (28), pelo Banco Central, a última versão do relatório Focus com as expectativas mensais para os principais indicadores econômicos.

Nesta edição, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) foi mantido nos mesmos patamares do último boletim, de 0,50%, mesmo caminho dado ao IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna), que também manteve-se em 0,50%.

A taxa de câmbio também foi conservada em R$ 1,75. Mesmo caminho foi traçado pelo IPC-Fipe (Índice de Preços ao Consumidor), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, que teve sua projeção mantida em 0,50%.

A única alteração foi registrada pelo IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), que passou de 0,49% na última medição para 0,48% nesta.

Em relação às variações para 2011, a estimativa de mercado levantada pelo Boletim Focus em relação ao IPCA foi elevada em 6,49%. A taxa básica de juros, a Selic, seguiu o caminho da manutenção, em 11,00%. A produção industrial sofreu redução pela quarta semana consecutiva, indo para 1,33%. Mesmo caminho foi dada à projeção para o PIB (Produto Interno Bruto), que caiu para 3,10.