Periferia Jovem passa a ser o grupo social mais consultado pelo sistema financeiro para concessão de crédito, produtos e serviços

Do conjunto de CPFs de consumidores consultados em 2011 pelo sistema financeiro, no geral, 18,3% são pertencentes ao grupo Periferia Jovem, de acordo com o Estudo Serasa Experian de Consultas do Sistema Financeiro. Com este resultado o grupo social Periferia Jovem – que inclui os segmentos Jovens Trabalhadores de Baixa Renda, Jovens na Informalidade, Trabalhadores de Baixa Qualificação, Excluídos do Sistema, Estudantes da Periferia e Famílias Assistidas da Periferia, e que representa 20,92% da população brasileira – passou a ser o mais consultado pelo sistema financeiro, superando o grupo Aspirantes Sociais, que sempre se manteve na liderança das consultas nos últimos anos, conforme exibe a tabela abaixo.
O grupo Periferia Jovem ganhou 3,3 pontos percentuais de participação no total de consultas efetuadas pelas empresas do sistema financeiro entre 2008 e 2011, ao passo que o grupo Aspirantes Sociais recuou em 5,4 pontos percentuais a sua participação neste mesmo período.

Os grupos sociais são uma classificação do Mosaic Brasil (tabela na página 4), solução da Serasa Experian para análise da sociedade em função da renda, geografia, demografia, padrões comportamentais e estilo de vida, que organiza a população em 10 grupos e 39 segmentos.

Outro grupo social que ganhou participação no total das consultas foi o Brasil Rural, passando de 11,8% para 14,9% no total de consultas entre 2008 e 2011 (alta de 3,1 pontos percentuais).
No outro extremo da distribuição, o grupo Aposentadoria Tranquila, embora tendo elevado também a sua participação no período (de 1,9% em 2008 para 2,3% do total de consultas em 2011) continua tendo a menor participação no volume de consultas efetuadas pelas empresas do sistema financeiro.

Classificação por segmento

Para o estudo, fez-se um cruzamento dos dados do Mosaic Brasil com as consultas efetuadas por 121 CNPJs de instituições financeiras divididas em sete segmentos: banco comercial e múltiplo; bancos e financeiras de montadoras; bancos e financeiras com foco em empréstimos para pessoa física; bancos e financeiras com foco em empréstimos para pessoa jurídica; cartão de crédito; consórcio; financiamento de veículos e leasing.

O grupo Periferia Jovem, no período de 2008 a 2011 foi o grupo social mais consultado pelas empresas de Financiamento de Veículos e Leasing (25,9% do total de consultas deste segmento), pelos Cartões de Crédito (25,6% do total de consultas deste segmento) e pelos Bancos e Financeiras com foco em empréstimos para pessoas físicas (21,3% do total de consultas do setor). Ainda, obteve o segundo lugar no segmento de Consórcios (23,6% das consultas deste segmento), perdendo apenas para o grupo social Brasil Rural (31,5% das consultas do segmento).

Regiões

Observando o cruzamento das consultas por segmento e as regiões do país, identificou-se que, em média, há mais consultas no Sudeste, 46,8% do total da amostra, e menos no Norte, 7,1%.

Embora seja a região com maior participação, o Sudeste vem perdendo relevância no universo das consultas efetuadas pelas empresas do sistema financeiro ao longo destes últimos anos: a queda foi de 5,0 pontos percentuais entre 2008 e 2011. Por outro lado, a região que mais elevou sua participação no total de consultas neste mesmo período foi o Nordeste, passando de 19,3% para 22,4% do total.

Gênero e idade

Em média, as mulheres são menos consultadas pelo segmento financeiro que os homens. Elas são objeto de 41,6% das consultas, enquanto eles, por 58,4%. O único segmento que consulta mais mulheres que homens é o de cartões de crédito, com 57,0% das consultas tendo sido feitas a CPFs de mulheres no período.

As pessoas mais jovens vêm ganhando representatividade no volume de consultas das empresas do sistema financeiro: a participação das pessoas com a até 30 anos de idade subiu de 30,5% para 33,1% do total de consultas entre 2008 e 2011, com destaque para as pessoas com idade entre 19 e 25 anos. Já a participação das pessoas com mais de 40 anos de idade recuou neste mesmo período de tempo, indo de 43,7% em 2008 para 41,1% em 2011.

Em geral, os jovens (pessoas até 30 anos de idade) têm mais representatividade em consórcio (44,1%), financiamento de veículos e leasing (40,7%) e cartão de crédito (38,5%) Já os mais velhos (mais de 40 anos) estão concentrados em bancos e financeiras com foco em empréstimos para pessoa jurídica (53,9%) e em bancos e financeiras de montadoras (49,7%).

Metodologia:
O Estudo Serasa Experian de Consultas do Sistema Financeiro foi realizado com base nas consultas feitas nos primeiros trimestres de 2008, 2009, 2010 e 2011, por 121 CNPJs de Instituições Financeiras e divididos em sete segmentos: banco comercial e múltiplo; bancos e financeiras de montadoras; bancos e financeiras com foco em empréstimos para pessoa física; bancos e financeiras com foco em empréstimos para pessoa jurídica; cartão de crédito; consórcio; financiamento de veículos e leasing. As consultas classificadas de acordo com o Mosaic Brasil, solução da Serasa Experian para análise da sociedade em função da renda, geografia, demografia, padrões comportamentais e estilo de vida, que organiza a população em 10 grupos e 39 segmentos.