Preocupação com atividade põe fim a aperto monetário

A cada dia, novos indicadores reforçam a avaliação de que a atividade econômica está em franca desaceleração. Ontem, foram os números relativos à produção de automóveis em maio, 18% inferior à do mesmo mês no ano passado. Essa retração já afeta o emprego no setor, e 4,7 mil vagas foram fechadas nas montadores desde janeiro.

Além da menor demanda, o setor industrial enfrenta alta de custos. Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que capital de giro, mão de obra e energia ficaram mais caros no primeiro trimestre. Como cresceram acima dos preços, afetaram a margem de lucro do setor.

Clique aqui para visualizar esta notícia completa.