Presidente da ANFAC participa da cerimônia de posse de Guilherme Afif Domingos, ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa

Secretaria, que tem status de Ministério, será responsável por formular políticas de apoio a micro e empresas de pequeno porte

A presidente Dilma Rousseff anunciou que Guilherme Afif Domingos, vice-governador de São Paulo, seria o ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa. A nomeação ocorreu 39 dias após a criação da Secretaria, que tem status de Ministério. A posse de Afif Domingos aconteceu no último dia 9, em Brasília (DF) e a ANFAC, a convite da Presidência da República, representada pelo seu presidente, participou da cerimônia.

“A ANFAC, no cumprimento da sua missão institucional, pretende estreitar os laços com a nova Secretaria criada no âmbito da estrutura do Governo Federal, uma vez que as micro e pequenas empresas representam o mercado alvo do fomento comercial”, disse Lemos Leite, acrescentando que o novo Ministro Guilherme Afif Domingos acompanha as atividades da entidade desde seus primórdios.

O encontro com o Ministro Afif Domingos, segundo o Presidente da ANFAC, se prestou para refletir sobre o relevante papel desempenhado pelo setor, quando, em várias oportunidades, o então Presidente da Associação Comercial de São Paulo (Afif Domingos) promoveu reuniões para divulgar o factoring como mecanismo de apoio à sobrevivência das pequenas e médias empresas.

“Historicamente, a ANFAC está sempre atenta aos assuntos que envolvem o setor, sendo pró-ativa e com visão estratégica da evolução dos métodos e procedimentos operacionais para que as empresas de factoring se mantenham na vanguarda do progresso, dentro da legalidade. Como em reiteradas manifestações, reafirmamos ser servidores do factoring no Brasil, para que a ANFAC seja efetivamente uma entidade forte, representativa de todo o setor”, comentou Lemos Leite.

Em seu discurso de posse, Afif disse que estava entusiasmado com esta nova missão, pela importância que tem o segmento na geração de emprego e distribuição de renda.

Segundo prevê a lei que criou a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, a pasta será a responsável por formular políticas de apoio a microempresas e empresas de pequeno porte e de artesanato. Entre as funções da Secretaria estão: promover a qualificação, aumentar a competitividade, cooperativismo, estimular programas de extensão empresarial e iniciativas para o aumento das exportações de bens e serviços.

O Ministro Afif Domingos informou que, na conformidade da Lei que aprovou a Secretaria, vai absorver todas as atribuições relativas às micro e pequenas empresas que atualmente são de responsabilidade dos Ministérios do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e do Trabalho. A Secretaria também vai coordenar políticas de apoio ao setor, que hoje estão sob os cuidados dos Ministérios da Fazenda e da Ciência e Tecnologia. A lei prevê que o acervo patrimonial e o quadro dos servidores dos órgãos que tiveram suas competências absorvidas pela nova pasta serão transferidos para a Secretaria.

Em seu abraço ao Ministro, Lemos Leite colocou à disposição todas as empresas de factoring para que possam colaborar na colimação dos objetivos desse importante Órgão criado pela Presidente Dilma e certamente o Ministro estará sensível aos pleitos do setor, complementou o Presidente da ANFAC.

A ANFAC participa do Fórum Permanente da Micro e Pequena Empresa – Comércio Exterior, desde 2008, junto ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

afif domingos