Qualidade do crédito ao consumidor melhora no quarto trimestre de 2011

A qualidade do crédito ao consumidor apresentou leve melhora no quarto trimestre do ano passado, depois de ter mostrado piora no segundo e estagnação do terceiro trimestre de 2011.

O indicador Serasa Experian da Qualidade de Crédito do Consumidor alcançou 80,2 pontos, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (27).

Segundo os economistas da Serasa, a desaceleração da inflação, a redução dos juros, a manutenção de patamares mínimos históricos para a taxa de desemprego e o crescimento mais moderado do endividamento são elementos que auxiliaram na diminuição do risco de inadimplência dos consumidores ao final do ano passado.

Esse cenário, ainda, observa a Serasa, vai influenciar positivamente na redução dos níveis de inadimplência.

O indicador

O indicador avalia, em uma escala de zero a 100, a qualidade de crédito do consumidor: quanto maior, melhor a qualidade e, portanto, quanto menor, pior a qualidade, o que significa que há mais chances de inadimplência.

O Indicador de Qualidade do Crédito segue o conceito que existe nas economias mais desenvolvidas. Ele é usado como referência para o mercado e para definição de expectativas do empresário e do consumidor.

Com divulgação trimestral, o indicador mostrará, quando houver melhora da qualidade do crédito, uma tendência ao declínio da inadimplência e, a partir daí, espaço para redução das taxas de juros, já que há um risco menor.