Securitização é tema de seminário em Curitiba: conheça as vantagens para sua empresa

FONTE: DIÁRIO INDÚSTRIA & COMÉRCIO

A securitização é o processo de captação de recursos que financia empreendimentos e projetos por meio da venda de títulos para investidores. “Essa é uma nova possibilidade que as empresas de fomento têm, nesses anos todos buscamos nos atualizar, trabalhando com uma política de modernidade que acompanha a evolução do mercado” afirma Luiz Lemos Leite, presidente da ANFAC, Associação Nacional de Fomento Comercial.

O objetivo do Primeiro Seminário de Securitização, realizado no dia 24, no Hotel Pestana, em parceria com a Finanblue do Brasil – Consultoria, Sistemas e Serviços para empresas de Crédito e Fomento Comercial, foi mostrar ao mercado os benefícios desse mecanismo de aquisição de direitos creditórios.

Para o presidente da ANFAC o seminário mostrou aos participantes uma estrutura alternativa para a aquisição de recebíveis, sobretudo com relação ao quadro tributário fiscal vantajoso, por não haver a incidência do IOF, o que também permite uma melhor alavancagem por meio da emissão de debêntures.

“Quem paga IOF no Brasil é a empresa do cliente e isso onera o pequeno empresário, que é o grande suporte da economia. Hoje o país tem 14 milhões de micro e pequenas empresas, sem levar em conta os microempreendedores, que são 4 milhões. Temos um vasto mercado de 18 milhões de pequenas empresas, que sustentam a economia. Portanto, 90% do PIB depende do movimento desse mercado”, constata.

O presidente da associação de fomenta está otimista com a recuperação econômica e conta o motivo: “A economia retomou seu ritmo e para mim a grande prova da capacidade do Brasil são as estradas. Verificamos milhares de caminhões transportando riqueza, agregando valor, levando adiante o país. É preciso colocar nos trilhos os esforços que todos estão fazendo para que o Brasil volte a funcionar a pleno vapor”, completa Luiz Lemos Leite.

Participaram do seminário os especialistas Jurandyr Souza, desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Paraná, Claudiomar Damasceno, economista e diretor da Finanblue do Brasil, Johnny Vivan, executivo da Finanblue, José Manuel Barbosa, diretor da Finanblue e conselheiro de empresas pelo IBGC e o José Luis Dias da Silva, consultor jurídico da ANFAC e Uinie Caminha, advogada, professora titular do PPGD Unifor e professora associada da UFC.

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS SOBRE O SEMINÁRIO DE SECURITIZAÇÃO REALIZADO PELA ANFAC:

https://www.diarioinduscom.com.br/securitizacao-e-tema-de-seminario-em-curitiba-conheca-as-vantagens-para-sua-empresa/

http://www.aroldomura.com.br/secutirizacao-e-tema-de-seminario-em-curitiba-conheca-as-vantagens-para-sua-empresa/

https://reinaldobessa.com.br/seminario-em-curitiba-discutiu-as-vantagens-da-securitizacao-como-instrumento-de-retomada-economica/