Serasa prevê acréscimo para Dia dos Pais

O faturamento do comércio com o Dia dos Pais deve crescer este ano em relação à mesma data do ano passado, de acordo com a expectativa de 55% dos varejistas do País, aponta pesquisa da Serasa Experian. De acordo com o estudo, a estimativa de 36% dos comerciantes é de que o faturamento será o mesmo de 2010, enquanto 9% esperam queda. A pesquisa entrevistou 1.016 empresários do País de 7 a 13 de julho. A Serasa Experian avalia que a expectativa dos empresários está em um nível positivo, já que o Dia dos Pais não é uma data tão forte no varejo como o Dia das Mães ou o Dia dos Namorados. Além disso, a instituição lembra que o Brasil vive um ambiente de juros mais altos e restrições a crédito.

Neste Dia dos Pais (14 de agosto), os presentes mais procurados, segundo previsão dos varejistas, serão: roupas, sapatos e acessórios (56%); telefones celulares e smartphones (19%); perfumaria e cosméticos (9%); eletrônicos (7%); produtos de informática, incluindo tablets (2%); bebidas (2%); joias, relógios e canetas (1%) e outros (3%). Vestuário e celulares continuam sendo os presentes mais procurados em relação à lista do ano passado.

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) prevê crescimento de 8% nas vendas do varejo para o Dia dos Pais 2011, na comparação com o mesmo período do ano passado. A projeção reflete o otimismo do setor mesmo diante de um cenário econômico adverso, que combina robustez de indicadores de emprego e renda com juros mais altos ao consumidor.